Provocações!

ATO REGIONAL VALE DO PARAÍBA #FORA FELICIANO SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - SP - 16/03 VALE DO PARAÍBA

ATO REGIONAL VALE DO PARAÍBA #FORA FELICIANO
SÃO JOSÉ DOS CAMPOS – SP – 16/03
VALE DO PARAÍBA

Não costumo responder provocações, comentários maldosos, preconceituosos. Não entro em discussões religiosas e de fundamentalistas. Mas estão tornando a questão POLÍTICA da Comissão de Direitos Humanos e Minorias em GUERRA SANTA. E hoje tive que responder um comentário em um post que fiz no facebook. Segue o que escrevi:
# Primeiro, não é opção, é orientação. Ninguém escolhe ser gay, ser hetero ou bi. A gente nasce assim, é uma condição.

# Segundo, somos atacados, vilipendiados, exorcizados, maltratados e demonizados frequentemente nos cultos, nos púlpitos, nos altares, nas missas, nas rezas. Nas imprensas religiosas, escritas e faladas, nas TVs e nas rádios religiosas.

Quando há REAÇÃO da nossa parte, novamente somos atacados, insultados, vilipendiados, exorcizados, maltratados, demonizados, ofendidos. Até apanhamos, com socos, ponta-pés, cabeçadas, com tijolos, com facas, porretes, soco inglês, etc… Essa semana aconteceu na Argentina, e os homofóbicos eram também religiosos fundamentalistas de plantão, afirmando que praticavam o ato de covardia porque o papa Francisco os abominavam, eram coisas do demônio.

Basta de Feliciano #NÃO ME REPRESENTA!

Basta de Feliciano
#NÃO ME REPRESENTA!

 

Muitas vezes, em nome do seu deus, de suas crenças, em nome do que ouvem nos púlpitos e altares, também nos matam, e matam com raiva, com muitos tiros, muitas facadas, muitas porradas, muitas tijoladas. Matam, arrancam nossos órgãos sexuais, nos humilham na morte, nos ateiam fogo, jogam-nos em valas, rios, precipícios. DIARIAMENTE um homofóbico mata um gay, ou uma lésbica, ou uma travesti, uma transexual, um bissexual. MATAM, MATAM E MATAM.

E quando reagimos, com nossas manifestações, nossas Paradas, nossos cursos, com o tremular de nossas bandeiras, CONTINUAM A NOS MATAR COM MAIS RAIVA, ÓDIO E PRECONCEITO. E FAZEM ISSO SOB A AUSÊNCIA DA LEI E COM A BENÇÃO DAS PREGAÇÕES DO FINAL DE SEMANA.

# Terceiro, tem muita gente de fé que é do bem. Nossa luta não é contra as religiões, as igrejas e seu povo de fé e do bem. Nossa luta é contra o preconceito e quem o pratica. Não deve um líder religioso mandar que uma pessoa se negue, que negue sua existência, negue suas vontades, seus desejos, seus sonhos. Não pode um líder religioso ordenar que a pessoa se anule, deixe de viver aquilo que ela é.

Quando um religioso assim o faz é como se estivesse ordenando a uma pessoa LGBT: “MORRA”… E assim, tristemente, pessoas LGBT se suicidam, porque não suportam viverem anuladas em sua essência.

Sou de formação cristã, minha família toda é, a grande maioria dos meus amigos também. Tenho certeza, que o meu Deus, que não está nem aí para minha orientação sexual, abençoa minha vida e meu casamento, que são fundamentados no AMOR, mandamento maior da vida humana.

# Quarto, retiro o termo “bisca” que usei para me referir à Joelma da banda Calypso. Tem muitas “biscas” que são dignas e não merecem esse desrespeito de serem comparadas com essa cantora.

E TENHO DITO #FORAFELICIANO!

Luiz André Moresi

Grupo lança novo projeto para Jacareí no sábado – Entrevista Jornal Semanário

PCdoB, PV e simpatizantes do novo projeto distribuirão manifesto

Dois partidos, dezenas de pessoas (algumas ainda não filiadas), na qualidade de cidadãos, farão um movimento que pretende lotar a Câmara Municipal no sábado (dia 17), às 15h, no lançamento de “Um novo projeto para Jacareí”.

Os presidentes do PCdoB e PV, Luiz André Moresi e Paulo Delfim, respectivamente, concederam entrevista sobre a iniciativa.

O que significa o projeto?

Presidentes – Um chamado à população para democratizarmos o poder em nossa cidade, considerando que a alternância no poder é importantíssima para a democracia e para o surgimento de novas lideranças.

Vocês podem antecipar algo sobre o conteúdo do manifesto que será entregue no próximo sábado?

Presidentes – Assumimos compromisso com valores e princípios, entre eles agregar e revitalizar forças políticas e sociais para a construção de um novo projeto para Jacareí; defender os interesses coletivos e combater a velha prática política dos interesses pessoais, entre outros.

Quem é o nome novo que a população está comentando ser o único capaz de derrotar o PT na eleição de 2011?

Presidentes – Concordamos com a população e sabemos que o novo não está dentro dos partidos tradicionais (oposição ou situação), mas primeiro construiremos um projeto sustentado por valores e princípios. Assim, naturalmente, apresentaremos o novo nome à população.

Vocês podem adiantar um nome?

Presidentes – Podemos deixar claro que deverá reunir, no mínimo, características fundamentais, como ter coragem, credibilidade junto à população e compromisso com a qualidade e com uma nova forma de fazer política e administrar a cidade.

Mais informações: pcdob65jacarei@hotmail.com e pdelfim@ig.com.br 

Paulo Delfim - Presidente do PV

Paulo Delfim - Presidente do PV

Luiz André Moresi - Presidente PCdoB

Luiz André Moresi - Presidente PCdoB

Um novo projeto para Jacareí

População está sendo convidada para participar da democratização do poder no município.

No próximo sábado (17 de setembro), às 15h, será lançado um novo projeto para Jacareí, que defende a alternância no poder como fundamental para a democracia e surgimento de novas lideranças.

Durante o lançamento do projeto, na Câmara Municipal, será apresentado um manifesto à população, no qual os protagonistas do projeto assumem compromisso com valores e princípios.

Os coordenadores do projeto defendem uma nova forma de atuação política e um novo modelo de gestão.

Do lançamento participarão lideranças municipais do PC do B e PV, organizadores do projeto e do manifesto. A expectativa é lotar o plenário da Câmara. Os presidentes dos dois partidos (PC do B e PV), respectivamente, Luiz André Moresi e Paulo Delfim, explicaram que além do manifesto, no dia 17, será divulgada a primeira atividade do projeto na cidade, que refuta, entre outros, a velha prática política em que o interesse coletivo é superado pelo individual.

Conclamação – Através do manifesto, o grupo conclama a população de Jacareí para a tarefa de democratização do poder no município.

Mais informações: pcdobj65jacarei@hotmail.com e pdelfim@ig.com.br

Luiz André Moresi - Presidente PCdoB

Luiz André Moresi - Presidente PCdoB

Paulo Delfim - Presidente do PV

Paulo Delfim - Presidente do PV

Defensores da Cidadania

No dia 07/02 iniciei o curso Defensores da Cidadania que está em sua décima edição. Lembro quando a prefeitura de Jacareí, através da Secretaria de Assistência Social e Cidadania lançou essa importante ação visando criar uma rede de defensores dos direitos humanos.  Eu trabalhava na Secretaria, era assessor de juventude.

De lá pra cá mais de 800 pessoas fizeram o curso. 

Mas a pergunta que não quer calar: Onde estão os defensores da cidadania de Jacareí?

Pergunto isso porque vejo que em nossa cidade quase não há organizações de defesa dos direitos humanos. De Assistência Social e assistencialista temos muitas. Constato também que não temos conselhos importantes para se garantir a defesa da cidadania, como o Conselho da Juventude, da Mulher, da Igualdade Racial, o Conselho LGBT e tão pouco o Conselho Municipal dos Direitos Humanos.

Vejo ainda que falta no executivo municipal alguns órgãos que poderiam contribuir para a garantia plena dos Direitos Humanos em nossa cidade, como assessorias ou coordenadorias temáticas e setoriais. Muitas cidades têm a Coordenadoria da Mulher, do Negro e Negra, da Juventude, LGBT ou da Diversidade Sexual, da Participação Popular, entre outras. E mesmo no Orçamento Participativo, espaço construído para garantir a participação da população na decisão do orçamento municipal, visualizo que as discussões temáticas ainda não foram implantadas, nesses já 10 anos de realização desse instrumento cidadão.

Aproveito aqui para fazer duas provocações. Vamos lá:

1ª provocação – Prefeito Hamilton, Vereadores, Secretários Municipais, entidades de classe, entidades sociais e assistênciais, sindicatos e jacareienses comprometidos com os Direitos Humanos, incluindo os mais de 800 que já fizeram o curso Defensores da Cidadania, vamos criar em nossa Jacareí o Conselho Municipal dos Direitos Humanos, garantindo a participação das várias áreas temáticas e setoriais da nossa sociedade?

2ª provocação: Em um artigo no Jornal Valeparaibano de agosto de 2009, “Quem participa, decide!”, escrevi sobre a relevãncia do Orçamento Participativo em nossa cidade e indiquei a necessidade de se ter áreas temáticas e setoriais no OP. Que é significativo discutir obras, mas também serviços, projetos, programas, políticas públicas sociais e setoriais. Então, que tal, se agentes políticos da cidade levarem para as plenárias do OP a importância de se ter as reuniões temáticas e setoriais, como  “criança e adolescente, juventude, mulheres, educação, saúde, assistência social, cultura, etc?”… Assim, tenho certeza, a participação popular seria ampliada e a democracia participativa , de fato, aplicada na construção do Orçamento Municipal. Que tal?

É isso, algumas inquietações que me levam a fazer indagações. Mas, acima de tudo, fazer proposições. Sou assim, me enche de alegria a possibilidade de poder ajudar com ideias, naquilo que aponto e critico. Penso que, se está bom, pode ficar melhor ainda.

Afinal, sou Jacareiense de Coração!

Luiz André Moresi

ONG REVIDA lança site oficial

Já está no ar o site oficial da ONG REVIDA. Para acessar basta digitarwww.revida.org e ter acesso a todo conteúdo da ONG.

No site o internauta poderá saber da história da organização, projetos, estatuto e diretoria, bem como poderá ajudar a ONG em suas ações.

O site ainda contém album de fotos, arquivo de notícias, artigos, links, área de biblioteca com livros, cartilhas, TCC, manuais em pdf para download e a agenda de reuniões, oficinas e atividades da ONG REVIDA.

A página na internet da ong de defesa dos direitos humanos e direitos LGBT trás ainda uma enquete sobre homobofia. O internauta poderá opinar sobre se é à favor ou contra a criminalização da homofobia. Há também uma área de recados para deixar a opinião.

A atualização será feita pela própria ONG e sempre que tiver notícias, informações, fotos e artigos sobre os objetivos que norteiam o trabalho da REVIDA.

O endereço do site é www.revida.org .

Site da ONG REVIDA

Site da ONG REVIDA

Jacareí escolhe tema da sua 1ª Parada LGBT

Início de noite com muita chuva e um grupo de 35 pessoas reunidas para tomar uma decisão histórica para a cidade de Jacareí: a escolha do tema, do lema e percurso da sua 1ª Parada LGBT.

Reunião para escolha do tema da 1ª Parada LGBT de Jacareí

Reunião para escolha do tema da 1ª Parada LGBT de Jacareí

E começou com o povo chegando aos poucos como é costume no interior, mesmo que em pleno crescimento e desenvolvimento populacional e econômico, há os que gostam de manter a velha tradição de chegar atrasado.

Pouco mais de meia hora depois do horário combinado o presidente da ONG REVIDA, Luiz André Moresi, inicia a reunião, compõe a mesa e faz uma breve apresentação da ONG REVIDA, da agenda de 2010, das parcerias e sobre o objetivo de se ter uma Parada LGBT em Jacareí.

Mesa de abertura da reunião

Mesa de abertura da reunião

Começa a indicação de temas e a criatividade aflora nos participantes. A vontade de escolher um assunto que marque e chame a atenção da sociedade é muito forte. Já no meio da reunião tinha-se claro que a Parada deverá combater o preconceito e a homofobia, meio caminho andado. Era preciso então compor o tema e o lema.

Depois de mais de 20 sugestões diferentes e diversas opiniões, as opções foram se concentrando na necessidade de se ter um tema que provoque nas pessoas da cidade a reflexão sobre o preconceito e a importância de se combater a homofobia.

Então, depois de um gostoso debate de ideias e opiniões, decidiu-se por unanimidade. O tema da 1ª Parada LGBT de Jacareí é “JACAREÍ CONTRA A HOMOFOBIA” e o lema é “CIDADE MODERNA É CIDADE SEM PRECONCEITO”.

Participantes votam no tema da 1ª Parada LGBT de Jacareí

Participantes votam no tema da 1ª Parada LGBT de Jacareí

Depois veio a escolha do percurso e as comissões para a organização da Parada que vai acontecer em 27 de junho de 2010.

Nos últimos nove anos Jacareí cresceu de forma ordenada, está em pleno processo de desenvolvimento econômico, com o aumento significativo de indústrias, do comércio, do setor de serviços. Novas avenidas, nova rodoviária, sonho antigo, empreendimentos imobiliários, nova área verde, o Parque da Cidade e o significativo investimento na qualidade de vida da população. E o sentimento de modernização está latente na opinião dos moradores.

É muito triste uma cidade que cresce e esquece que o preconceito ainda mata muita gente. E que a homofobia contra os LGBT está presente na família, na escola, no mercado de trabalho, nos espaços de convivência e no coração de muitos jacareienses.

Não adianta Jacareí ser moderna se o sentimento preconceituoso ainda remete a séculos passados.

1ª PARADA LGBT DE JACAREÍ E REGIÃO

JACAREÍ CONTRA A HOMOFOBIA

CIDADE MODERNA É CIDADE SEM PRECONCEITO!

Reunião para escolha do tema da 1ª Parada LGBT de Jacareí

Reunião para escolha do tema da 1ª Parada LGBT de Jacareí