As memórias! As carícias! A Roda Viva!

Não é de hoje que quero voltar a escrever no meu blog, mas falta inspiração. É ela que proporciona a satisfação e nos leva a belas histórias, textos, contos, memórias.

As memórias! São muitas, abundantes, preciosas e pertinho do coração.

Às vezes, a adrenalina da alegria e a felicidade da hora me impedem de externar em retas linhas o momento vivido. Depois o tempo vai passando, o coração abrandando e o acontecido vai virando memórias. Tenho lembranças de um tempo bom, que não volta mais. Lembranças de amigos que se foram, dos que ainda estão e já não são, dos que eram e voltaram a ser. Lembranças de grandes eventos na minha vida e de pequenos momentos também.

Bate no peito o sentimento de vida passada, celebrada. De tempo vivido e de tempo perdido. Muitas coisas se perderam, não foram feitas, Tempo, tempo, tempo… E já não há mais tempo.

As carícias! Lembro-me de carícias. De pai, de mãe. De uma avó simpatia. De amores.

Que lindos são os sentimentos despertados por um gesto de afago, de simples passar de mãos, de aconchegar-se nos ombros, olhar intermitente e meigo. Carícias de quem quer comunicar, inserir-se na lógica da vida em comum, da vida companheira, presente.

“Tem dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu…” E é assim que sinto quando, nos relances inglórios da vida, perco aquela linha reta e “eis que chega a roda-viva e carrega o destino pra lá.” Assim como na letra da belíssima canção de Chico Buarque, Roda Viva, sinto que “o tempo rodou num instante nas voltas do meu coração.”

Será que o que construímos, plantamos e cativamos se perdem totalmente nas voltas, e não volta mais? Será que o que deixamos de cumprir, contra a corrente não vai navegar?

Tenho em minhas memórias a consciência do que não deu, passou, ficou para trás. Lembranças do que poderia ter feito e não fiz.

Porém, e tão grande quanto o que não fiz, são as memórias das conquistas, vitórias, alegrias, sonhos realizados. São poucos, mas são meus.

Então:

“Roda mundo, roda-gigante
Rodamoinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração”

Roda Viva – Chico Buarque

PS.: Sim, estou triste, por isso escrevo. É a inspiração!

rodaviva

Anúncios

Provocações!

ATO REGIONAL VALE DO PARAÍBA #FORA FELICIANO SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - SP - 16/03 VALE DO PARAÍBA

ATO REGIONAL VALE DO PARAÍBA #FORA FELICIANO
SÃO JOSÉ DOS CAMPOS – SP – 16/03
VALE DO PARAÍBA

Não costumo responder provocações, comentários maldosos, preconceituosos. Não entro em discussões religiosas e de fundamentalistas. Mas estão tornando a questão POLÍTICA da Comissão de Direitos Humanos e Minorias em GUERRA SANTA. E hoje tive que responder um comentário em um post que fiz no facebook. Segue o que escrevi:
# Primeiro, não é opção, é orientação. Ninguém escolhe ser gay, ser hetero ou bi. A gente nasce assim, é uma condição.

# Segundo, somos atacados, vilipendiados, exorcizados, maltratados e demonizados frequentemente nos cultos, nos púlpitos, nos altares, nas missas, nas rezas. Nas imprensas religiosas, escritas e faladas, nas TVs e nas rádios religiosas.

Quando há REAÇÃO da nossa parte, novamente somos atacados, insultados, vilipendiados, exorcizados, maltratados, demonizados, ofendidos. Até apanhamos, com socos, ponta-pés, cabeçadas, com tijolos, com facas, porretes, soco inglês, etc… Essa semana aconteceu na Argentina, e os homofóbicos eram também religiosos fundamentalistas de plantão, afirmando que praticavam o ato de covardia porque o papa Francisco os abominavam, eram coisas do demônio.

Basta de Feliciano #NÃO ME REPRESENTA!

Basta de Feliciano
#NÃO ME REPRESENTA!

 

Muitas vezes, em nome do seu deus, de suas crenças, em nome do que ouvem nos púlpitos e altares, também nos matam, e matam com raiva, com muitos tiros, muitas facadas, muitas porradas, muitas tijoladas. Matam, arrancam nossos órgãos sexuais, nos humilham na morte, nos ateiam fogo, jogam-nos em valas, rios, precipícios. DIARIAMENTE um homofóbico mata um gay, ou uma lésbica, ou uma travesti, uma transexual, um bissexual. MATAM, MATAM E MATAM.

E quando reagimos, com nossas manifestações, nossas Paradas, nossos cursos, com o tremular de nossas bandeiras, CONTINUAM A NOS MATAR COM MAIS RAIVA, ÓDIO E PRECONCEITO. E FAZEM ISSO SOB A AUSÊNCIA DA LEI E COM A BENÇÃO DAS PREGAÇÕES DO FINAL DE SEMANA.

# Terceiro, tem muita gente de fé que é do bem. Nossa luta não é contra as religiões, as igrejas e seu povo de fé e do bem. Nossa luta é contra o preconceito e quem o pratica. Não deve um líder religioso mandar que uma pessoa se negue, que negue sua existência, negue suas vontades, seus desejos, seus sonhos. Não pode um líder religioso ordenar que a pessoa se anule, deixe de viver aquilo que ela é.

Quando um religioso assim o faz é como se estivesse ordenando a uma pessoa LGBT: “MORRA”… E assim, tristemente, pessoas LGBT se suicidam, porque não suportam viverem anuladas em sua essência.

Sou de formação cristã, minha família toda é, a grande maioria dos meus amigos também. Tenho certeza, que o meu Deus, que não está nem aí para minha orientação sexual, abençoa minha vida e meu casamento, que são fundamentados no AMOR, mandamento maior da vida humana.

# Quarto, retiro o termo “bisca” que usei para me referir à Joelma da banda Calypso. Tem muitas “biscas” que são dignas e não merecem esse desrespeito de serem comparadas com essa cantora.

E TENHO DITO #FORAFELICIANO!

Luiz André Moresi

Luiz André participa do Programa Partidário do PCdoB

Luiz André Moresi, presidente do Comitê Municipal do PCdoB de Jacareí, gravou comercial para o horário partidário. O filmete foi exibido durante duas semanas nas redes de televisão da região do Vale do Paraíba no mês de outubro/2011.

O comercial tem a participação da cantora e deputada estadual pelo PCdoB, Leci Brandão, que afirma que o partido, assim como ela, é contrário à todas as formas de discriminação. Logo depois Luiz André Moresi reafirma o compromisso do partido com a cidadania e que em Jacareí o partido luta para melhorar a vida das pessoas.

Confira abaixo o vídeo:

Luiz André Moresi  - Programa do PCdoB

Luiz André Moresi - Programa do PCdoB

CASAL DE JACAREÍ RECEBE PRÊMIO EM DIREITOS HUMANOS

Luiz André e Sergio recebem prêmio na categoria Ativismo LGBT por ser o primeiro casal gay a ter o casamento civil aprovado no Brasil.
 

Luiz André e Sergio exibem a certidão de casamento em frente ao cartório

O casal de Jacareí, Luiz André Sousa Moresi e José Sergio Sousa Moresi, foram agraciados e recebem o 10º Prêmio Arco-Íris de Direitos Humanos no dia 12 de dezembro no Teatro João Caetano, no centro da cidade do Rio de Janeiro. A honraria é concedida todos os anos pelo Grupo Arco-Íris, uma das mais antigas e importantes organizações de Direitos Humanos e Cidadania LGBT do Brasil.

O Prêmio está em sua décima edição e compõe as atividades da Parada LGBT do Rio de Janeiro. É entregue a pessoas que se destacam na defesa e promoção da cidadania de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais nas mais diversas áreas de atuação. Os militantes da ONG REVIDA de Jacareí, Luiz André e Sergio, serão homenageados na categoria Ativismo LGBT por serem o primeiro casal LGBT do Brasil a terem sua união estável convertida em casamento civil.

Para Luiz André, receber esse prêmio tem um valor especial “por ser concedido por uma instituição conceituada e respeitada no Brasil e por representar uma conquista que é conseqüência da atuação de militantes LGBT que lutam há anos pelo reconhecimento de sua plena cidadania”.

Luiz André e Sergio dedicam o prêmio aos membros da ONG REVIDA, aos militantes LGBT do Brasil e ao próprio Grupo Arco-Íris, que desempenhou papel fundamental de advocacy junto ao STF para aprovação da união estável homoafetiva, o que possibilitou a conversão em casamento civil.

União Estável e Casamento Civil

Em 5 de maio de 2011 o Supremo Tribunal Federal equiparou a união estável homoafetiva à união estável heterossexual.

Em 17 de maio de 2011, Dia Mundial de Luta Contra a Homofobia, o casal Luiz André e Sergio assina o contrato de União Estável Homoafetiva.

Em 27 de junho de 2011 o juiz estadual Fernando Henrique Pinto autorizou a conversão da união estável de Luiz André e Sergio Sousa Moresi em casamento civil, o primeiro do Brasil.

Em 28 de junho de 2011, Dia Mundial do Orgulho LGBT, o casal recebe a Certidão de Casamento Civil das mãos do oficial do Cartório de Registro Civil. Cerimônia de entrega teve repercussão internacional.

Grupo lança novo projeto para Jacareí no sábado – Entrevista Jornal Semanário

PCdoB, PV e simpatizantes do novo projeto distribuirão manifesto

Dois partidos, dezenas de pessoas (algumas ainda não filiadas), na qualidade de cidadãos, farão um movimento que pretende lotar a Câmara Municipal no sábado (dia 17), às 15h, no lançamento de “Um novo projeto para Jacareí”.

Os presidentes do PCdoB e PV, Luiz André Moresi e Paulo Delfim, respectivamente, concederam entrevista sobre a iniciativa.

O que significa o projeto?

Presidentes – Um chamado à população para democratizarmos o poder em nossa cidade, considerando que a alternância no poder é importantíssima para a democracia e para o surgimento de novas lideranças.

Vocês podem antecipar algo sobre o conteúdo do manifesto que será entregue no próximo sábado?

Presidentes – Assumimos compromisso com valores e princípios, entre eles agregar e revitalizar forças políticas e sociais para a construção de um novo projeto para Jacareí; defender os interesses coletivos e combater a velha prática política dos interesses pessoais, entre outros.

Quem é o nome novo que a população está comentando ser o único capaz de derrotar o PT na eleição de 2011?

Presidentes – Concordamos com a população e sabemos que o novo não está dentro dos partidos tradicionais (oposição ou situação), mas primeiro construiremos um projeto sustentado por valores e princípios. Assim, naturalmente, apresentaremos o novo nome à população.

Vocês podem adiantar um nome?

Presidentes – Podemos deixar claro que deverá reunir, no mínimo, características fundamentais, como ter coragem, credibilidade junto à população e compromisso com a qualidade e com uma nova forma de fazer política e administrar a cidade.

Mais informações: pcdob65jacarei@hotmail.com e pdelfim@ig.com.br 

Paulo Delfim - Presidente do PV

Paulo Delfim - Presidente do PV

Luiz André Moresi - Presidente PCdoB

Luiz André Moresi - Presidente PCdoB

Um novo projeto para Jacareí

População está sendo convidada para participar da democratização do poder no município.

No próximo sábado (17 de setembro), às 15h, será lançado um novo projeto para Jacareí, que defende a alternância no poder como fundamental para a democracia e surgimento de novas lideranças.

Durante o lançamento do projeto, na Câmara Municipal, será apresentado um manifesto à população, no qual os protagonistas do projeto assumem compromisso com valores e princípios.

Os coordenadores do projeto defendem uma nova forma de atuação política e um novo modelo de gestão.

Do lançamento participarão lideranças municipais do PC do B e PV, organizadores do projeto e do manifesto. A expectativa é lotar o plenário da Câmara. Os presidentes dos dois partidos (PC do B e PV), respectivamente, Luiz André Moresi e Paulo Delfim, explicaram que além do manifesto, no dia 17, será divulgada a primeira atividade do projeto na cidade, que refuta, entre outros, a velha prática política em que o interesse coletivo é superado pelo individual.

Conclamação – Através do manifesto, o grupo conclama a população de Jacareí para a tarefa de democratização do poder no município.

Mais informações: pcdobj65jacarei@hotmail.com e pdelfim@ig.com.br

Luiz André Moresi - Presidente PCdoB

Luiz André Moresi - Presidente PCdoB

Paulo Delfim - Presidente do PV

Paulo Delfim - Presidente do PV